top of page

LIFE STYLE 2025

A pandemia causou uma migração em massa de atividades para o lar, e novos desafios irão mantê-los lá enquanto nos aproximamos de 2025. Custos de vida mais altos, mercados em recessão e o impacto do aquecimento global nos farão continuar a fazer mais – e esperar mais dos espaços em que vivemos.


VIVER INTENCIONALMENTE



Daqui a centenas de anos, os historiadores podem olhar para o início do século 21 como um grande despertar. Sistemas antigos não estão mais nos servindo e novas ideias e inovações estão preenchendo o vazio. O consumismo cego está sendo substituído pelo consumo consciente; o reparo e a reciclagem estão ajudando a resolver o problema do desperdício desenfreado; e a pressão pelo lucro sem fim está sendo evitada em favor de modelos de negócios mais sustentáveis, incluindo o conceito emergente de capitalismo regenerativo. Estamos entrando em uma era de viver intencionalmente, onde as decisões e ações do consumidor serão feitas com um maior senso de propósito.

Esta é uma mudança relativamente recente e com grandes consequências – a preocupação com embalagens plásticas ou emissões de viagens aéreas pode ter sido considerada uma preocupação marginal há 40 anos, mas agora são sentimentos comuns. À medida que os climas se tornam mais erráticos e extremos e o acesso a alimentos, combustível e água se torna menos garantido, a vida intencional será uma estratégia importante para os consumidores sobreviverem, prosperarem e ganharem um senso de controle em meio à incerteza, enraizada na convicção de que muitos pequenos ações têm o poder coletivo de fazer a diferença.

As marcas precisarão ser claras sobre seu compromisso com as pessoas e o planeta neste novo cenário, com foco em deixar o ambiente melhor do que o encontraram. Produtos para solução de problemas serão essenciais, sejam designs acessíveis e bem feitos que prometem durar mais, ou itens que podem nos ajudar a ter mais recursos e autossuficiência em um mundo imprevisível.

Abaixo você confere algumas sugestões de produtos que atendem as necessidades de proteção solar e colaboram com o meio ambiente de forma sustentável:

ESCOLHAS CONSCIENTES:

  • Design que respeita a natureza. Foi-se o tempo em que a sustentabilidade no design se resumia ao uso de madeira de reflorestamento. Na Semana de Design de Milão, realizada em setembro 22 a preocupação com o uso racional de recursos naturais e o combate ao desperdício foram alguns dos principais fios condutores. Peças produzidas a partir de materiais sustentáveis, tecidos feitos com fibra de garrafas PET, e fibras fibras naturais são alguns dos exemplos exibidos pelos estúdios de design.





Comments


Posts Em Destaque
Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page